Compartilhar  

Rádio da I.P.Fi.  

Hora Certa em Brasília  

Bíblia On-line  

Redes Sociais  

Calendário  

Outubro 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4

Álbum de fotos  

imagem 016 ...
Image Detail Image Download

Notícias da I.P.B  

Igreja Presbiteriana Filadélfia em Maceió-Al.

O que é a Fé?

PDFImprimirE-mail

Resultado de imagem para fé

Uma das declarações que eu me percebi repetindo com mais frequência nos últimos quinze anos de ministério é o comentário perspicaz de J.I. Packer de que meias-verdades disfarçadas de verdades inteiras são mentiras completas. A observação de Packer é um belo lembrete de que meias-verdades são apenas isso: meias-verdades. Quando são apresentadas como se não houvesse nada mais a dizer, o resultado é que a verdade é comprometida. Dizer que Jesus é cem por cento humano é verdade. Porém, é apenas metade da história. Jesus também é cem por cento divino. Se nos concentramos apenas na humanidade de Jesus e nunca dizemos nada sobre a sua divindade, somos culpados de apresentar uma meia-verdade como se fosse a verdade inteira, e assim contamos uma mentira completa. leia mais

Última atualização em Ter, 18 de Abril de 2017 11:30 Escrito por Guy Richard Qua, 26 de Abril de 2017 00:00
 

04 razões básicas porque alguns pastores e cantores Gospel querem entrar na cabana

PDFImprimirE-mail
As Redes Sociais são testemunhas do fato de muitos cristãos terem indicados em suas "timelines" o filme "A Cabana". Na verdade, vi alguns dos chamados "cantores gospel" incentivando os seus seguidores no Facebook a não perderem em hipótese alguma, aquele que segundo eles é um filme maravilhoso e com valores bíblicos.
Ora, será que "A Cabana" é um filme bíblico mesmo? Será que os valores anunciados e defendidos pelo filme, são valores fundamentados nas Escrituras? Será que o ensino sobre a pessoa de Deus difundido pela película cinematográfica estão de acordo com a Santa Palavra de Deus?
Penso que não. Na verdade leia mais
Última atualização em Ter, 18 de Abril de 2017 11:30 Escrito por Renato Vargens Qua, 19 de Abril de 2017 00:00
 

Epidemia: outro pastor que se esgota e se demite Domingo passado

PDFImprimirE-mail

 

A dor de um pastor é intensificada debaixo de impiedosos holofotes, enquanto a dor de outro é desconhecida. Ambas doem igualmente. Não fica mais fácil. Não importa quantas vezes você ouça sobre isso. E estamos ouvindo muito sobre isso ultimamente. Em números epidêmicos.

Outro pastor anunciou à sua chocada congregação que ele não podia mais. Ele os amava. Ele estava orgulhoso do trabalho do Reino que haviam feito juntos por anos. Mas suas prioridades estavam desajustadas. Ele havia posto todo seu tempo e energia na igreja e havia negligenciado sua própria saúde espiritual e emocional. leia mais

Última atualização em Sex, 17 de Março de 2017 12:37 Escrito por Ewerton B. Tokashiki Qua, 12 de Abril de 2017 00:00
   

Como assim, "não toqueis no ungido do Senhor..."?!

PDFImprimirE-mail

 

Há várias passagens na Bíblia onde aparecem expressões iguais ou semelhantes a estas do título desta postagem:

A ninguém permitiu que os oprimisse; antes, por amor deles, repreendeu a reis, dizendo: Não toqueis nos meus ungidos, nem maltrateis os meus profetas (1Cr 16:21-22; cf. Sl 105:15).

Todavia, a passagem mais conhecida é aquela em que Davi, sendo pressionado pelos seus homens para aproveitar a oportunidade de matar Saul na caverna, respondeu: "O Senhor me guarde de que eu faça tal coisa ao meu senhor, isto é, que eu estenda a mão contra ele [Saul], pois é o ungido do Senhor" (1Sm 24:6).

Noutra ocasião, Davi impediu com o mesmo argumento que Abisai, seu homem de confiança, matasse Saul, que dormia tranquilamente ao relento: "Não o mates, pois quem haverá que estenda a mão contra o ungido do Senhor e fique inocente?" (1Sm 26:9). Davi de tal forma respeitava Saul, como ungido do Senhor, que não perdoou o homem que o matou: “Como não temeste estender a mão para matares o ungido do Senhor?” (2Sm 1:14). leia mais

Última atualização em Sex, 17 de Março de 2017 12:28 Escrito por Rev. Augustus Nicodemus Qua, 05 de Abril de 2017 00:00
 

Tempo perdido: Cuidado para não estragar sua vida

PDFImprimirE-mail
Imagine um banco que credita na sua conta R$86.400 à meia-noite, logo na virada de um dia para outro. Você tem todo esse dinheiro para gastar, mas no fim do dia a conta é zerada. O saldo não passa para o dia seguinte. O que você faria? Deixaria o dinheiro no banco, ou iria à boca do caixa e retiraria até o último centavo assim que o banco abrisse? Acontece que esse banco existe, todos os habitantes do planeta têm essa conta, mas o crédito é feito a cada dia em segundos. Você tem diariamente exatamente 86.400 segundos para usar a cada 24 horas e o saldo não é transferido para o dia seguinte. Ricos, pobres, americanos, brasileiros, europeus, árabes, eslavos, asiáticos – todas as pessoas de todas as nacionalidades e de todas as classes sociais têm exatamente a mesma quantidade de tempo, dia após dia para as atividades da vida. leia mais
Última atualização em Sex, 17 de Março de 2017 12:09 Escrito por Solano Portela Qua, 29 de Março de 2017 00:00
   

Página 5 de 39

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
© 2017 - ALLROUNDER
   
| Quinta, 19. Outubro 2017 || Designed by: LernVid.com |